• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    A BREVIDADE DA VIDA




    Bom, pessoal, quanto tempo. Tudo bem com vocês? Estou voltando a escrever no blog e gostaria de compartilhar um pensamento com vocês que me veio estes dias. Eu estava no meio de uma aula de japonês, podendo até parecer estranho, mas foi lá mesmo que entendi um pouco mais da nossa missão como cristãos nesta terra.

    Em certo momento da aula, a sensei pediu para nós, os alunos que lá estavam, para que montássemos frases usando uma nova forma gramatical ensinada naquele momento, representando uma vontade do que queremos fazer nos próximos 5 anos. Uma dessas formas era a たい(Tai), que fica no final dos verbos para indicar um desejo do falante. Além disso, a sensei queria que fizéssemos uma frase negativa, onde diríamos também o que não queremos. 

    Foi quase unânime a frase da turma quando escrevemos sobre o desejo que não gostaríamos que se realizasse. A frase de todos foi  死にたくない (Shinitakunai), que em bom português quer dizer “Eu não quero morrer”. Você pode estar pensando no porquê isso me chamou atenção, contudo esse é o pensamento mais comum possível, pois somos humanos com desejos e não pretendemos morrer.

    Queremos estudar, casar, se formar, fazer um mestrado e doutorado, ter filhos, alguns desejam estudar teologia e outros também desejam ser pastores. É uma infinidade de coisas que nem se vivêssemos 150 anos conseguiríamos realizar tudo o que sonhamos ou já pensamos. Esse é o ponto. Nossa vida é breve demais, parecendo que cada dia que se passa vai diminuindo e vamos chegando mais perto do fim. Com diz Tiago:

    "Ouçam agora, vocês que dizem: "Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro". Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa." - Tiago 4:13,14

    Nossa vida é pequena demais e devemos ter noção do que fazer com ela. Não devemos usá-la a nosso bel prazer, mas com gratidão e louvor a Deus em tudo o que fazemos. Essa dádiva de Cristo deve ser vivida a cada dia para Glorificar Aquele que nos criou, tendo em vista que nada nesse mundo pode ser mais desejoso no nosso coração do que a eternidade. Com toda a certeza, a maioria dos leitores apoiam meus colegas de classe quando disseram que a morte é algo que eles não desejavam para os seus próximos cinco anos. Porem, o que nós temos desejado? Algo dentro do nosso coração tem nos levado a viver a vontade de Deus em sua totalidade? Temos desejado o que fala o Apóstolo Paulo em Romanos 12?

    Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. - Romanos 12:2

    Cristo nos chama a viver Sua vontade nessa terra, sendo instrumentos de justiça e de paz, pregando o Evangelho ao mundo, proclamando sempre que Jesus é o Senhor. Não vamos desperdiçar nossas vidas, vivamos para a Glória de Deus!


    0 comentários:

    Postar um comentário