• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    PROCURANDO PESSOAS À PROCURA DE DEUS




    Nesta pequena reflexão John Piper fala sobre a importância de buscarmos estar na direção do Espírito Santo, para que Ele nos guie às pessoas que estão sensíveis para receber o evangelho da Salvação. Sabemos que o Espírito Santo é nosso Consolador, Nosso Guia e Ele (Somente Ele) convence o homem do pecado.

    PROCURANDO PESSOAS À PROCURA DE DEUS | POR JOHN PIPER


    Estou lendo o livro The Master Plan of Discipleship (O Plano Mestre de Discipulado), escrito por Robert Coleman. Ele mostra algo surpreendente. No livro de Atos a estratégia evangelística é focar em pessoas que foram preparadas de alguma maneira para serem receptivas. Por exemplo:

    O derramamento do Espírito em Pentecostes manifestou o evangelho num grupo de judeus espiritualmente sensíveis que vieram de pelo menos 15 diferentes nações para adorar o Deus do Antigo Testamento.

    A próxima grande colheita acontece em Samaria (Atos 8:4-25), aonde Jesus já havia estabelecido uma base com o seu testemunho (João 4:4-42).

    O Espírito Santo envia Filipe até um eunuco etíope que está lendo o livro de Isaías e se vê intrigado a respeito de quem o capítulo 53 está falando!!! (Atos 8:26-39).

    O avanço evangelístico com gentios fora de Jerusalém acontece através de Cornélio, que temeu a Deus e deu esmolas e orou e teve uma visão de um mensageiro de Deus (Atos 10).

    Quando Paulo iniciou sua carreira missionária, ele seguiu o padrão de ir primeiro à sinagoga em busca de alguns judeus receptivos ou gentios tementes a Deus (Atos 13:5, 14, 42.; 14:1; 17:1, 2, 10, 17; 18:4, 7, 19, 26; 19:8).

    Em sua segunda viagem missionária seu planejamento foi verificado duas vezes pelo Senhor. O Espírito Santo o proibiu (por enquanto) de pregar a palavra na Ásia (Atos 16:6) e o Espírito de Jesus não o permitiu ir para Bitínia (Atos 16:7). Ao invés, Paulo teve uma visão de um homem dizendo: "Vem à Macedônia e ajuda-nos" (Atos 16:9). O foco estava novamente naqueles espiritualmente receptivos.

    Em Filipos não havia sinagoga. Então Paulo encontrou um lugar aonde as mulheres oravam perto da cidade e se juntou a elas, e uma delas foi convertida (Atos 16:12-14).

    É claro que houveram momentos em que Paulo simplesmente "argumentou no mercado todos os dias com aqueles que estavam lá por acaso" (Atos 17:17). Mas parece haver um padrão claro suficiente para nos encorajar em nosso evangelismo, como Coleman diz, "a olhar para aqueles que querem seguir a Cristo. A vida é muito curta para gastar tempo e energia excessivos com pessoas apáticas. "

    Isso faz sentido para mim - não que ignoremos o espiritualmente insensível, mas que nos concentremos em quem parece estar tateando em busca de Deus. Dito de outra forma, somos parceiros do Espírito Santo e nós devemos estar em alerta para identificarmos aqueles que estão começando a ser despertados pela sua graça. Procure aqueles que estão à procura de Deus e concentre energia no seu desenvolvimento. Coleman está, sem dúvida, certo quando ele diz: "Eu estou convencido de que algumas dessas pessoas estejam dentro da influência de cada cristão".

    Na procura com você,

    Pastor John

    Por John Piper. © Desiring God. Site em inglês: desiringGod.org
    Português: satisfacaoemDeus.org |

    0 comentários:

    Postar um comentário