• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    A CRUZ EM NOSSA MENTE



    O que toma teus pensamentos? Qual a real importância da cruz em sua vida? Isso é demonstrado no seu cotidiano, no trabalho, na roda de amigos, nas redes sociais? Neste texto falaremos sobre a importância de pensamos na obra de Cristo na Cruz.

    A CRUZ EM NOSSA MENTE | Por Evanildo Sena.


    E o centurião, vendo o que tinha acontecido, deu glória a Deus, dizendo: Na verdade, este homem era justo. – Lucas 23:47
    Tudo quanto fazemos e tudo quanto pensamos deve ter no centro a mensagem da cruz. O assunto central da bíblia deve ser o assunto predileto de nossas vidas. Não devemos perder esta essência por um ‘evangelho enfeitado’. O nosso assunto deve ser: Cristo Jesus, o Filho do Deus vivo, se fez homem, habitou entre nós, morreu pelos pecadores, levou sobre sí nossa culpa e sem Ele e seu perfeito sacrifício é impossível o homem se reconciliar com Deus. Todos são chamados ao arrependimento. (Atos 17:30).

    Um homem que presenciou a cena mais marcante da história, a morte de Cristo na Cruz. Não sei se este centurião se arrependeu e passou a crer em nosso Senhor, mas Ele citou a mais pura verdade: “Na verdade, este homem era justo.” Ele pensou e tão logo disse: “justo!”. Aqui encontramos a mais sublime verdade, que Ele era Justo e portanto injustamente foi crucificado. Não havia pecado em seu ser, sem mancha, limpo e puro, conforme nos diz Pedro: “Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado” - 1 Pedro 1:19. O homem perfeito, o Deus perfeito, Jesus de Nazaré, nascido da virgem Maria, concebido pelo Espírito Santo (Mateus 1:18), por tanto vindo a nós sem qualquer herdade da natureza pervertida e pecaminosa. O Justo pelos injustos (1 Pedro 3:18) o Santo pelos pecadores (Hebreus 7:26). 

    Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Filipenses 4:8)

    Nós teimamos em pensar sobre outras coisas, em não vigiar, em não dar crédito real e devido a mensagem da Cruz e da segunda vinda do Senhor. Isso deve queimar em nós, assim como um navio depende da lenha queimando para prosseguir até seu destino. Pois sim, lembremos que Ele na cruz sofreu por nós e que nosso único desejo e anseio seja nos encontrarmos com Ele em Sua esplendida Glória e Triunfo. Que pensar em Cristo também não seja um mero ritual ou algo que não nos leve a prática, sem vida santa e reta, sem transparecer o fruto do Espírito (Gálatas 5:22). Sim amados (as), que nossos pensamentos sejam voltados ao que é verdadeiro, honesto, justo, amável, de boa fama, e eu não vejo outro que se encaixe tão perfeitamente neste pensamento, como o Cordeiro Santo de Deus, sim, pensai nEle, seja o Senhor Jesus para nós como a brisa suave da noite, ou como o esplendor da aurora, ou como o decorrer de um dia de outono, que Ele seja o nosso mais belo pensamento, porque nisso há Virtude e Louvor, nisso há o bom motivo de sermos Cristãos. 

    Nosso único serviço aqui neste mundo é clamar: " Eis o Cordeiro". Algum de vocês foi enviado por Deus com outra mensagem? Não pode ser. A única mensagem que Deus outorgou a seu povo é a proclamação da salvação através do cordeiro - salvação pelo sangue de Jesus... Falar de Jesus é nossa ocupação; nada mais temos a dizer senão aquilo que esteja contido na revelação que Deus nos deu na pessoa de Jesus Cristo. Ele, que é o nosso consolo, é o nosso único tema.” - C.H. Spurgeon 

    Graça e Paz do Senhor, 



    0 comentários:

    Postar um comentário