• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    DISCUTINDO A NOSSA RELAÇÃO COM DEUS




    Faltam-me palavras para expressar o impacto desta noticia, mas preciso dar uma Nota de Luto sobre o fato dilacerante, ocorrido no incêndio da Boate Kiss no Rio Grande do Sul. Que o consolo do Espírito Santo encontre as famílias que sofrem pela perda de seus entes queridos, Deus sofre a dor de cada coração.
    Intercedo por cada coração aflito!

    DISCUTINDO A NOSSA RELAÇÃO COM DEUS


    Ás vezes reclamamos com Deus...
    São tantos por quês... Tantos questionamentos... “As coisas não aconteceram como eu premeditei, como eu sonhei...”.O fato é que: vira e mexe estamos “discutindo a nossa relação com Deus”. D.R’s com Deus...

    O culpamos, O colocamos na parede, como se Ele fosse o culpado por TUDO de ruim e desastroso que acontece em nossas vidas. É mais ou menos assim: “se eu te fiz isso, por que o Senhor não me deu aquilo”.

    Deus é um Deus zeloso, que AMA exorbitantemente, e não podemos duvidar deste amor, nem discutir a sua soberania e justiça. Ele é tão misericordioso, que nos rega com a sua graça e ainda nos enche de mimos. Precisamos ser gratos por cada provação, cada alegria, cada choro, se isso nos aproxima dEle, devemos ser gratos e não o culparmos, somente adorá-Lo.

    A bíblia diz para clamarmos a Deus (Jeremias 33:3), contar mesmo o que nos aflige, aquilo que faz o nosso coração doer, porém, em todas as petições, descarga de sentimentos, devemos estar cientes que Deus não faz nada por obrigação, TUDO o que ELE faz é por amor, é voluntário, é sincero! Ele lhe dará o que você precisa, e o que você ‘quer’, lhe será dado se você de alguma forma ‘merecer’, porque Deus também não quer filhos mimados. Deus quer filhos obedientes e tementes.

    Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração (Salmo 37:4)].
    Deus sempre fará mais do que merecemos, entretanto, a graça dEle deve nos bastar”

    Apesar das circunstancias, apesar dos pesares, não se revolte contra Deus, não murmure, ‘não jogue o balde’, não termine a sua relação com Ele... Não pergunte o ‘por quê’, e sim ‘para que’ e esteja certo (a) de que Ele está no controle de TODAS as coisas, e TODAS as coisas cooperam para o bem daqueles que O AMAM (Rm 8.28).

    O mais importante é entendermos que TUDO pode nos faltar, menos o Amor dEle, e a paz que encontramos em Sua presença.

    Hoje, ofereça ao Senhor, somente um coração contrito, grato e temente!

    Com muito amor,


    0 comentários:

    Postar um comentário