• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    DISCÍPULOS DE JESUS



    Discípulo é uma "pessoa que segue os ensinamentos de um mestre" (Dicionário da Bíblia Almeida). Será que temos seguidos ensinamentos do nosso mestre Jesus? 


    Estamos realmente fazendo o que Ele ordenou que fizéssemos? 



    Ele disse algo desafiador e que todo aquele que é discípulo precisa fazer: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me” (Lucas 9:23; veja Mateus 16:24; Marcos 8:34). 


    É incrível como hoje o evangelho se tornou tão banalizado. Infelizmente, vemos pessoas que se dizem cristãos, ministros, missionários, pastores se esquecendo do propósito pelo qual foram chamados. Um dia desses, vi no twitter, um cantor gospel (em "missão") reclamando do ar condicionado do hotel que estava quebrado, outro, reclamando que passou muitas horas dentro do avião e estava cansado. Entenda, não estou julgando ninguém, só estou querendo refletir com você se muitas vezes não estamos fazendo o mesmo... Reclamando de ‘barriga cheia’. A bíblia diz que Jesus se despiu da sua glória para padecer e morrer por nós (Fp 2. 7), não tinha muitas vezes onde encostar a cabeça (Mt 8.20), e Ele é o filho de Deus! 


    Se optarmos por viver este evangelho, vamos vivê-lo humildemente... Quando quisermos conforto, escolhamos ficar em nossa casa, no aconchego do nosso lar. Mas quando escolhermos missões, devemos ter o seguinte pensamento: EM QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR, EIS AQUI A MINHA VIDA, USA-ME. Se for para ficar na casa do irmão, e não em um hotel, fique! Se for para beber chá, ao invés de beber coca - cola, beba! Se for para comer um peixe frito, ao invés de picanha, coma! Pense nisso! Reflita muito bem... Lembre-se: EM QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR... Deus o exaltará sobremaneira, e pode ser que seja só na glória... 


    A geração que Deus quer usar é uma geração que morre para si mesma. Os discípulos de Jesus lutaram para propagar o evangelho e muitos morreram pagando com a própria vida. Hoje vivemos em um país onde temos liberdade de falar do evangelho, mas não conseguimos morrer para nossas vontades, para nosso conforto. Precisamos amar mais o que Deus ama. O preço do amor é o símbolo da cruz, é RENÚNCIA. Peço em minhas orações que nunca possa esquecer de quem eu sou em Deus. 

    Ele disse que coisas maiores nós faríamos (Jo 14.12), e Ele não estava falando de um simples fato, de um evento, um show, Ele estava falando de conquistar vidas para o Reino. Voltemos ao primeiro amor (Ap. 2. 4)... Aquele amor que faz TUDO por Ele, em nome dEle!! 

    No Amor do Mestre, 



    0 comentários:

    Postar um comentário