• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    GRAÇA E RECOMPENSA - por Mayara Arruda




    Deus não é como o Gênio da Lâmpada que atende os seus três maiores e desejosos pedidos... E você não é como Aladin, preso a um imprevisível e limitado destino. Pertencemos a um Deus que faz infinitamente mais do que atender três pedidos. Pertencemos a um Deus INFINITO.
    Mas existem princípios para obter de Deus aquilo que tanto desejamos. Um deles, o mais especial talvez, seria a Obediência.
    Existem sonhos e milagres que alcançamos somente com a obediência, não há outro caminho. A bíblia diz:

    "Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra” Isaias 1:19

    Mesmo que este versículo tenha sido escrito antes do período da graça, antes da morte de Jesus Cristo, devemos praticá-lo.
    Se você quiser, poderias sim obter mais do Senhor. Deus ama agradar seus filhos, e surpreendê-los... Ele é o mais interessado em realizar os nossos sonhos.
    Existem duas coisas especiais que recebemos de Deus: Graça (favor imerecido) e Recompensa (aquilo que conquistamos por esforço, sacrifício). A graça é liberada automaticamente, mas a recompensa obviamente não...

    Vamos imaginar:
    Se você fosse pai, presentearia seu filho com um super-presente, mesmo sabendo que ele é desobediente, que ele é rebelde, inconseqüente e resmungão? Só um pai irresponsável faria isso. Um pai que verdadeiramente ama e presa pelo caráter do filho, não o presenteia sem ele merecer... Isso causaria nele (filho) um desejo, uma naturalidade de fazer tudo o que é errado e mesmo assim se dar bem. Neste caso ele só pode amá-lo e corrigi-lo, para depois, presenteá-lo.
    Deus é extremamente cauteloso, perfeito, responsável... Com certeza a graça dEle nos basta, mas o agrado, o mimo dEle (o que tanto Ele deseja nos dar), nós só recebemos com Obediência. O plano final da obediência é a recompensa.

    “Deus quer nos abençoar, nos recompensar”.

    Vou citar um exemplo bem simples de se permitir depender da graça E praticar a obediência, ou, depender somente da graça:

    O jardim do Éden, O Paraíso, A melhor vida, O melhor destino, O melhor presente, A plenitude, As riquezas, seriam concedidos perpetuamente a Adão e Eva se eles simplesmente tivessem obedecido. Porém, assim não o fizeram... Conhecemos a história. Eles preferiram depender somente da graça e escolheram isso imaturamente... “Ah, Deus é amor, Ele é Pai, misericordioso, É Perdoador... Nem vai ligar que nós o desobedecemos... Ele é rico em graça...”

    Não podemos viver assim: “Deus me ama, então ele sempre me protegerá e me livrará do mal. Ele sempre será misericordioso e sua bondade sempre me alcançará”... Se esquecendo da Sua justiça, da Sua honra... Deus é um Juiz justo (Salmo 7:9) e zela por tuas palavras. Que possamos caminhar, em busca do alvo perfeito, sustentados pela graça E, praticando a obediência. Existe a promessa: “Benditos serão, se obedeceres a minha voz” (Gênesis 22:18).

    “E se você quiser (obedecer), Deus fará muito mais do que você sonhou ou idealizou” Efésios 3:20

    Fique com aquele que ama presentear seus Filhos, O Deus de Amor.

    Com carinho,

    Mayara Arruda

                                      Quer receber nossos textos por e-mail? Cadastre-se!                 


    0 comentários:

    Postar um comentário