• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    CRISTO, MINHA LUZ - por Flauber Menezes


    “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” (Mateus: 5.16).
    Nunca deveríamos nos vangloriar de nossos dons espirituais a fim de sermos louvados pelos homens, ou para que com isso seja reconhecido publicamente o nosso zelo pelas coisas de Deus. Mas, ao mesmo tempo, é um pecado de omissão constantemente tentarmos ocultar temerosos os dons que o Senhor nos deu para o bem de nosso próximo.

    A mais gloriosa finalidade da nossa conversão é que sejamos instrumentos nas mãos de Deus para abençoar outras pessoas, para que, com isso o nome de Jesus seja exaltado. “Encha-se a minha boca do teu louvor e da tua glória todo o dia.” (Salmo: 71.8). Por isso, um cristão verdadeiro não pode ser como um vilarejo escondido no vale, mas ele deve ser semelhante a "uma cidade no monte". Como filho de Deus, você não deve ser como uma candeia que é colocada debaixo do alqueire, mas deve ser uma luz que é colocada no velador, de modo que ilumine a todos os que estão na casa.

    Os verdadeiros portadores de luz ficam invisíveis e só se vê a luz que eles irradiam. Por isso, a verdadeira negação de si mesmo é quando nós mesmos nos retraímos, ficando em segundo plano, evitando aparecermos para deixarmos que a luz do Senhor apareça muito mais. “É necessário que ele cresça e que eu diminua.” (João: 3.30). Mas é injustificável ocultarmos ao Senhor que ressuscitou verdadeiramente e que fez morada em nossos corações. Anunciemos a Palavra de Deus com amor, então a Luz de Cristo resplandecerá em nossa vida.

    Confia no Senhor e ora!

    Pr. Flauber Menezes.

    0 comentários:

    Postar um comentário