• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    ADORADORES ANÔNIMOS - por Camila Peixoto



    Olá, amados, a paz! Muito feliz em mais uma vez ter essa oportunidade de vos escrever aqui no site! Que Deus possa abençoar a vida de vocês poderosamente.
    Todos nós sabemos que há muita gente buscando fama, sucesso, reconhecimento; na nossa vida secular somos ensinados a sempre querer reconhecimento humano, sempre querer aparecer, ser visto por todos. Mas a Bíblia nos ensina a querer que o Pai nos encontre como verdadeiros adoradores, mesmo que ninguém esteja reconhecendo.
    A Palavra nos ensina que há muito mais grandeza em sermos anônimos: o próprio Jesus disse que entre ficar gritando no meio da rua a sua oração e orar dentro do seu quarto, o melhor é orar dentro do quarto em secreto, onde só Deus e você sabem o teor da oração! Nossa reflexão está apenas no começo...
    A história de hoje aconteceu a muitos anos, na Pérsia. O povo de Deus foi levado cativo, no meio desse povo havia duas pessoas que serão as personagens principais de hoje: Ester e Mordecai (Mardoqueu). Sabemos pelo que narra o livro sagrado, que Mordecai certa vez tomou conhecimento que servos do rei Assuero tramavam para o matar , mas ele (Mordecai) conseguiu reverter o quadro, disse para quem poderia tomar alguma providencia e evitou a morte do rei. No primeiro momento, não houve nenhuma recompensa para ele , mas o seu feito ficou escrito no livro de Crônicas do Reino. Sabemos também que Mordecai era temente a Deus e não adorava outro senão a Deus, e isso suscitou a ira de um homem chamado Hamã que começou a tramar a morte do servo de Deus. O tempo foi passando e Deus não deixaria o seu servo perecer. O rei Assuero teve muita insônia em um determinado dia e resolveu ler as crônicas...leitura vai, leitura vem, ele leu que um homem chamado Mordecai tinha descoberto um plano de morte e dessa forma livrou a vida do rei de situação terrível. Assuero buscou saber se aquele homem de alguma forma tinha sido recompensado por aquele grande feito e soube que não foi. Hamã entrou nos aposentos do rei que o perguntou o que deveria ser feito a alguém que o rei gostaria de honrar. Hamã , soberbo como era, achou que ele seria honrado e então detalhadamente deu uma lista de honrarias, o rei lhe disse: pois então chame Mordecai e faça a ele tudo o que você disse.
    Agora, amados, vamos nos aprofundar na nossa reflexão! Mordecai fez um grande ato, que não foi recompensado, mas que foi registrado diante dos homens, tempos depois aquele feito foi reconhecido. Quero dizer a vocês, que façam tudo da melhor forma, com zelo, fazendo para Deus e não para as pessoas. Não busque aqui na terra o que só pode vir do alto! Por mais que seu trabalho não seja visto dentro da sua igreja, mesmo que seu pastor nunca tenha visto tudo o que você tem feito, mesmo que ninguém tenha reconhecido, não pare! Seja firme e constante sempre abundante na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão! [1 Co 15.58] Deus tem visto tudo e, um dia, no Tribunal de Cristo nossas obras passarão pelo fogo pra que sejam provadas, que sua obra seja de metais preciosos , pois o fogo não poderá destruir. Prefira ser anônimo do que famoso na multidão! Parafraseando uma frase do pastor Ciro Sanches Zibordi, não espere aplausos humanos; mas louve, cante, pregue e espere que no fim de tudo isso Deus tenha se agradado. Pois é dEle e somente dEle a opinião que realmente está valendo!
    Fiquem na paz!


    Camila Peixoto

    0 comentários:

    Postar um comentário