• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    O MEU TUDO É MINHA OFERTA - por Flauber Menezes




    E, estando Jesus assentado defronte da arca do tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na arca do tesouro; e muitos ricos deitavam muito. Vindo, porém, uma pobre viúva, deitou duas pequenas moedas, que valiam meio centavo. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva deitou mais do que todos os que deitaram na arca do tesouro; Porque todos ali deitaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, deitou tudo o que tinha todo o seu sustento.” (Marcos 12.41-44)

    Todos nós estamos sendo observados por Jesus, Ele está a olhar nossas atitudes, comportamento e prática de vida. Há algumas pessoas que vivem ocupadas demais e o pior é que elas gostam disso, e quando sobra algum tempo é que as mesmas vão à igreja ou contribuem de alguma forma com a obra de Deus. Por outro lado existem pessoas que não perdem a oportunidade de trabalharem na obra de Deus, e seja de que forma for elas estão procurando trabalhar com dedicação, confiança e de forma completa.

    Tomando como exemplo a pobre viúva do texto citado, observemos algumas atitudes dessa humilde senhora que nos trazem valiosas lições no que tange a nossa adoração a Deus:

    Foi uma oferta dada com dedicação.

    Dentro de sua simplicidade, e não se importando muito com o valor, a pobre viúva dedicou sua oferta ao Senhor. Essa atitude nos ensina que não importa o grau de importância do valor em si, e sim, o sentimento com que se adora e oferta. Creio que o Senhor se alegra por um coração quebrantado e humilde voltado para Ele.
    Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (Salmo 51.17).
    Foi uma oferta de coragem e confiança.

    Observemos que se trata de uma pessoa pobre, com muitas dificuldades e privações, mas esses obstáculos não a impediram de ofertar ao Senhor. Não permitamos que os nossos problemas preencham o nosso viver a ponto de ofuscar nossa fé e adoração, pelo contrário, priorizemos com coragem e ousadia o reino de Deus em nossa vida.
    Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”. (Romanos 8.38-39).
    Foi uma oferta completa.

    Aquela pobre viúva possuía duas moedas e ela poderia ter depositado apenas uma delas e não haveria problema algum, mas ela depositou as duas. Quanto amor, quanta fé!

    Queridos irmãos, apresentemo-nos por completo diante do nosso Deus todo poderoso, que o nosso culto ao senhor seja o “nosso tudo”, sem reservas, sem metades, mas por inteiro.

    Para que a benção de Deus seja completa precisamos nos entregar por completo.
    Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6.33).
    Que todos nós que formamos a igreja do Senhor Jesus despertemos para dedicar uma oferta de adoração ao Senhor com coragem, confiança e por completo.

    Confia no Senhor e ora!

    Pr. Flauber Menezes.


    0 comentários:

    Postar um comentário