• "O verdadeiro evangelho exalta a Deus... Se camuflado a excelência perderá!"

    MERGULHE - por Camila Peixoto



    Olá, pessoal! Uma ótima quarta-feira pra você, abençoado (a)! Vou te fazer umas perguntinhas hoje, tá certo?! Se hoje eu te pedir pra você tocar em seus braços ou pernas, provavelmente, estará tudo bem. Sua pele está bem limpinha, não é?! E se eu pedir para você meditar em como está a sua vida, será que essa ‘pele’ psicológica vai estar bem? Ou será que está cheia de feridas? 

    A Bíblia fala de um homem chamado Naamã, general do exército da Síria, apesar de ser alguém tão importante no local onde vivia, tinha uma doença que o tornava impuro e o afastava das pessoas. Ele tinha lepra, que além de ser contagiosa ainda era considerada naqueles tempos uma doença imunda... E isso o impedia de estar muito tempo entre seus familiares. Que terrível um homem de tão alta patente no exército estar afligido por uma doença assim. Havia uma garota que servia na casa do general, ela era de Israel. Sabendo do que acontecia com seu patrão, a garota falou que na sua terra, tinha um homem que poderia curá-lo (o nome dele era Eliseu), Naamã sabendo disso enviou um pedido ao rei para poder falar com esse homem, o rei concedeu e ele foi. Mas não ache que porque Naamã era um general, Eliseu foi um bajulador e o atendeu. Pelo contrario, Eliseu deixou um recado. “Se Naamã quiser ficar curado, mergulhe no rio Jordão por sete vezes”. Nenhuma palavra a mais. Naamã ficou com raiva por ser “destratado” dessa forma por um profeta e não queria de jeito algum mergulhar porque o Jordão era um rio lamacento, sujo. Mas um de seus servos insistiu para que ele mergulhasse e depois de muita insistência Naamã foi. Mergulhou uma, duas, três vezes... seis vezes e nada..mas no sétimo mergulho.. Aha! A pele estava limpa! Naamã havia sarado! 

    Então, vamos conversar um pouco, já falei sobre o nosso exemplo bíblico de hoje. E é disso que quero falar com você, hoje. Talvez em você tenha uma lepra chamada desprezo, que apesar de toda alta posição conquistada, ninguém te valoriza. Ou quem sabe a sua lepra é a rejeição, você foi esquecido por muitos que “deveriam” te amar. Talvez a sua lepra seja um pecado escondido, você não revela a ninguém, mas todos os dias esse pecado te consome, tira tua paz. 

    Não sei qual tem sido a sua ferida na alma, mas sei que o rio de Deus está jorrando lá do trono do Pai. E esse rio pode curar tudo o que faz doer a sua alma. Mas talvez você esteja dizendo: Como, Camila? Como toda dor que há dentro de mim, toda rejeição, todo desprezo que as pessoas sentem por mim podem parar de me machucar? É necessário mergulhar nesse rio cuja fonte é o Senhor. Mas Camila, muitos amigos meus acham que ser cristão é coisa do passado, que é quadrado. Lembra que o rio era barrento e Naamã não queria mergulhar lá? É necessário se despir de todo orgulho, de todo o egocentrismo. Mergulhe agora, vai a fundo. Mergulhe e você verá que sua vida vai mudar, mergulhe nas águas do Espirito Santo. Deus vai curar tudo, vai cicatrizar todas as feridas abertas e vai fazer de você uma nova pessoa. Mas é necessário que você caminhe em direção a Ele e mergulhe fundo. 



    [História de hoje se encontra no Livro de 2 Reis capítulo 5]

    Camila Peixoto


    0 comentários:

    Postar um comentário